Sábado, 15 Junho

Construção participativa de elementos decorativos e de sombra suspensos sobre a praça do Centro Cívico.

A Nuvem é uma instalação que parte das ideias de efemeridade e fluidez inerentes ao próprio evento e contexto. A intervenção irá criar um espaço de sombra através da exploração de materiais improváveis, uma estrutura dinâmica e inconstante que propõe uma abordagem lúdica e livre ao espaço do jardim. Com o mesmo objectivo, uma série de pequenos elementos móveis estarão dispostos no local para convidar à apropriação e utilização espontâneas pelos visitantes.

O ~ é formado por pessoas de diferentes disciplinas, que se juntaram com um interesse comum nos materiais e processos de produção, assim como na intervenção cívica e social pelo questionamento e valorização dos lugares.

De tintas e pincel na mão, a Ana irá transportar os mais novos para um mundo de personagens imaginadas com muita cor, magia e imaginação. E tu, quem queres ser hoje?

Ao invés de fazer uma banda-sonora para um filme, os First Breath After Coma fizeram o contrário e traduziram as histórias das suas canções e do seu disco em imagens. “NU” é apenas isso. Sem narrador, nem diálogos. O som do filme é o álbum, cada canção é uma cena, e o conjunto das cenas é “NU”. O álbum passa a ser um filme de cerca de 40 minutos. A duração de um vinil. A duração de uma série televisiva.

LOCAL

Domingo, 16 Junho

Construção participativa de elementos decorativos e de sombra suspensos sobre a praça do Centro Cívico.

A Nuvem é uma instalação que parte das ideias de efemeridade e fluidez inerentes ao próprio evento e contexto. A intervenção irá criar um espaço de sombra através da exploração de materiais improváveis, uma estrutura dinâmica e inconstante que propõe uma abordagem lúdica e livre ao espaço do jardim. Com o mesmo objectivo, uma série de pequenos elementos móveis estarão dispostos no local para convidar à apropriação e utilização espontâneas pelos visitantes.

O ~ é formado por pessoas de diferentes disciplinas, que se juntaram com um interesse comum nos materiais e processos de produção, assim como na intervenção cívica e social pelo questionamento e valorização dos lugares.

De tintas e pincel na mão, a Ana irá transportar os mais novos para um mundo de personagens imaginadas com muita cor, magia e imaginação. E tu, quem queres ser hoje?

Tens uma Associação que queres promover? Um produto? És Artista? Artesão? Fazes cestos? Sabonetes? Bonecos de pano? Pulseiras? Músicas de amor? Tens uns brincos da avó perdidos lá por casa e queres vendê-los? Livros? Roupa? Cenas?

Para lá do portão azul todos vão querer espreitar, resta saber o que lá encontrar. No número 20 da Rua Miguel Bombarda há edições de autor, produtos hand made, edições limitadas de pintura, serigrafia, música, cerâmica e design, em formato feira, com exposições e instalação artística. Uma proposta d’A Porta com a curadoria da NAU, associação de arte contemporânea e cultura local, das Caldas da Rainha, em conjunto com a editora de música Chaputa Records.

Este ano o centro cívico será mais uma vez convertido num jardim cívico. Um espaço comunitário e participado feito pelos que vivem a cidade, e tal como um jardim, crescerá com o tempo, enraizado num lugar e vida próprios. Com uma série de eventos programados, todos estão convidados para participar e contribuir com espírito crítico para a sua construção: ajudadas de carpintaria, hortas urbanas e artes plásticas; debates que juntam cidadãos, representantes camarários, agentes culturais e arquitectos; complementados com concertos, performances e muito convívio. Este será um espaço aberto e inclusivo, valorizando a espontaneidade da cultura e a riqueza de uma apropriação crítica da cidade e do espaço público.”

Uma piscina ao ‘léu’ para podermos disfrutar um momento único e refrescante no entroncamento da Rua Rodrigues Cordeiro com a Barão Viamonte. A ideia de ter uma piscina na ‘Rua Direita’ parece algo insólito, mas quando deres um mergulho nos 23,12 m3 de água irás dizer: – eu já mergulhei aqui, neste larguinho!

Exposição de peças e trabalho de carpintaria ao vivo

“O Design de Produto é um conjunto de princípios para a concepção de objectos, para serem produzidos com tecnologias e materiais específicos que se adequem a um consumidor alvo pela sua função e estética.”

E se no lugar de uma produção industrial tivéssemos uma produção artesanal? E se em vez de técnicas avançadas de carpintaria usássemos apenas serrote, martelo e pregos? E se utilizássemos materiais fáceis de encontrar, económicos, com dimensões standard, vendidos na quantidade exacta das necessidades, de origem local, por outras palavras, ecológico!? E se o resultado final for um objecto útil no dia-a-dia, com carácter e da autoria da designer Mariana Costa e Silva? E se fosse feito pelas nossas próprias mãos, de forma simples, rápida e acessível a principiantes na carpintaria, com ou sem experiência? E se pudéssemos reproduzir a peça, desde que não seja para fins comerciais, as vezes que quiséssemos?

“FAZ agora, FAZ com o que tens” é um resumo, um instantâneo, do projecto FAZ com as tuas mãos, um despertar para uma forma alternativa de consumir.

A Mariana nasceu em 1980 nos Açores. É licenciada em Design de Equipamento pela FBAUL.

Foi distinguida nos concursos: Jovem Designer ICEP 2000, 2001 e 2002, Jovens Criadores 2002, Série Limitada Renault Clio, Design Wise 2.0, V Concurso Formica Creativa, Prémio Massimo Dutti Design e Prémio Nacional Indústrias Criativas Unicer/Serralves.

Foi designer na Farame, monitora na Oficina de Design da FBAUL, designer no departamento de ID da Castelhano e Ferreira e gere 3 marcas próprias a Confeitaria da mala, a CUT furniture e Cuco Toys.

Acção Climática e Cidadania Activa: Conversas abertas para miúdos e graúdos sobre sustentabilidade, permacultura e ações climáticas.

“As mudanças climáticas são uma ameaça existencial para a maioria do planeta, inclusive e especialmente para a vida dos seres humanos” – António Guterres, 2018

“Se não agirmos, o colapso de nossas civilizações e a extinção de grande parte do mundo natural estão no horizonte”. – David Attenborough, 2018

Somos 7.7 bilhões a viver num planeta finito e vivemos como se não houvesse amanhã. É urgente mudarmos o paradigma e essa mudança não está apenas nas mãos dos decisores políticos – está nas mãos de todos nós! Este é um espaço aberto à partilha de ideias sobre sustentabilidade, regeneração e acção climática. Vamos repensar em conjunto as nossas vidas, as nossas comunidades e a nossa cidade. Vamos agir!

guildapermaculture.com

O que é a Amnistia Internacional? O que defende? Neste espaço especial, outrora uma casa de chaves, vamos ajudar a abrir um mundo de perguntas e possibilidades. Aqui poderão encontrar em exposição uma Declaração Universal dos Direitos Humanos “gigante”, que foi sendo construída e trabalhada ao longo deste ano com as crianças do projeto “Redes na Quinta”, da InPulsar – Associação para o Desenvolvimento Comunitário.

Além disso, quem visitar esta casa bonita poderá participar em duas atividades*:

15H00
Oficina “Somos todos Humanos”
Com um simples desenho vamos tentar descobrir: somos todos diferentes, ou somos todos iguais? O que temos todos em comum?

16H00
Oficina “Mini Activistas – faz o teu primeiro cartaz”
Vem aprender tudo sobre como te podes fazer ouvir na defesa dos Direitos Humanos, criando o teu cartaz! Vamos ensinar-te a escolher os melhores materiais reutilizáveis e recicláveis, a pensar nas melhores frases para a causa que queres defender, como mobilizar pessoas à tua volta para participarem contigo e (MUITO IMPORTANTE!) a não esquecer de reciclar tudo quando a manif terminar! O ativismo não tem idade! Começa agora a lutar por um mundo mais justo!

*Atividades para +5 anos | lotação limitada

Vinda da Bajouca, onde existe um rico património de Olarias, a Céu faz parte da terceira geração de uma família que assume a arte e o ofício de transformar o barro. Associando a modernidade à tradição, a oleira irá trazer ao Festival A Porta uma demonstração deste ofício milenar com a sua roda e a sua arte.

O GIMAE surge no Festival com o intuito de atrair novos públicos com a inovação e criação de objetos artísticos tridimensionais, usando como suporte: a porta. A partir de projetos de autor e usando portas de madeira como suporte, serão criados vários painéis policromados e com relevo.

Surge este momento musical que podemos intitular por: “Cantares e outras Cordas”. Porque já há muito que a SAMP percebeu que a Música vai para além dos palcos, e que é verdadeiramente transformadora quando entra na vida de cada um de nós. Sendo inerente ao ser humano, a música é capaz de despertar emoções, reações, sensações e sentimentos, possibilitando a abertura de outros canais de comunicação. Desta forma aprimoramos o melhor de cada um e nasce o Belo que faz com que nos sintamos parte de um Todo que nos satisfaz. Temos cantores de Dores, Guitarras esquecidas e jovens em construção.

Classes envolvidas:

  • Cantares de Amigo (Laboratório de Musicoterapia – Unidade da Dor)
  • Guitarra Portuguesa
  • Guitarras Para Todos

Domingo, 23 Junho

Tens uma Associação que queres promover? Um produto? És Artista? Artesão? Fazes cestos? Sabonetes? Bonecos de pano? Pulseiras? Músicas de amor? Tens uns brincos da avó perdidos lá por casa e queres vendê-los? Livros? Roupa? Cenas?

O Barbeiro de Leiria convida os Leirienses a experimentar os seus serviços, aparo de barba, corte de cabelo e a famosa massagem Indiana à cabeça “Champi”. Convida ainda a todos a sentarem-se na sua cadeira para aprenderem uma maneira diferente de como melhorar o seu look e auto-estima, como se ver ao espelho, como se pentear, quais os cuidados de higiene a ter em todas as idades e quais as novas tendências de barba. Quem estiver a precisar de conselhos de um profissional da área, que aproveite este dia e fale com o barbeiro de Leiria.

O Barbeiro de Leiria nasceu em 2017 pelas mãos de Patrício Gaspar, que criou a sua marca inserida no espaço para homens na Clínica Donsilia. É um espaço onde se praticam cortes clássicos, aparam-se e desfazem-se barbas com navalha e toalha quente, num ambiente agradável e hospitaleiro.

https://www.facebook.com/obarbeirodeleiria/