Manel Cruz

19 Junho | 21h30
Teatro José Lúcio da Silva

Manel Cruz, nome escrito na história da música portuguesa, figura de proa dos últimos 20 anos. Um herói independente, uma instituição, um “cantador” de histórias e imaginários.

Foram várias as paragens que se foi obrigando a fazer para assentar os pés e calcar a terra. Algumas delas nos Ornatos Violeta, outras em Pluto, nos SuperNada e, finalmente, a solo com Foge Foge Bandido, mostrando recortes, vozes e memórias da viagem.

Recarregar energias foi na Estação de Serviço, que apresentou em 2015. Em 2017, Manel Cruz voltou aos concertos, testou as águas para voltar a mergulhar nos discos e nas canções, e em 2019, marca o tão ansiado regresso aos discos em nome próprio.