Desde “How can we be joyful in a world full of knowledge”, editado em 2014, pela Pataca Discos, que o compositor e multi-instrumentista Bruno Pernadas é um nome fundamental da música portuguesa.

Prolífico, genial, inclassificável são 3 adjetivos associados à sua obra, mas Bruno Pernadas também compõe para teatro, dança e cinema, e é membro integrante de projetos como Minta and The Brook Trout, Suzie’s Velvet, The Sun Ra project e Montanhas Azuis, com Norberto Lobo e Marco Franco.

“Those who throw objects at the crocodiles will be asked to retrieve them” é o seu mais recente projecto: canções longas, intemporais e sem fronteiras que vão do west coast jazz dos anos 70, lounge oriental, krautrock, freak folk, pop music, sampling e processamento de electrónica low fi, exótica e soul music. Pernadas é o maestro de uma big band de super talento português que inclui João Correia, Afonso Cabral, Francisca Cortesão ou Margarida Campelo, para citar alguns nomes que incorporam esta troupe, que já se apresentou em quase todos os principais palcos e festivais nacionais, e no estrangeiro, em Espanha e no Japão. A Porta beneficiará da rodagem da banda, e terá o privilégio de conhecer em antemão algumas das canções de um novo disco com saída prevista para 2020.