Seis cordas numa guitarra, um teclado casio e uma bateria. Adicione-se alguns intervalos e três acordes e não é preciso muito mais para elevar a temperatura numa sala.

Os La Jungle sabem disso e na equação 1 + 1 sabem que o resultado é 3 , e portanto, isto é música de matemática distorcida, aos empurrões com o kraut e o trans-rock.

O frenesim total que sua música oferece é acompanhado por riffs metálicos, ondas de ruído e tempestades de pratos, todos conduzidos por um estroboscópio. Rock primitivo e sem tretas, tão selvagem e brutal, como de arromba, de arrombar a Porta!